Blog Delta Fiat
Todos os Post

Barulho no carro: aprenda a identificar os ruídos mais comuns e os seus possíveis significados

07 de agosto de 2020

Nem todo barulho no carro é um indicativo de algum defeito nos sistemas e/ou equipamentos do veículo. Porém, conseguir identificar os ruídos, pode ajudar o motorista a entender qual é a origem do problema. 

Pensando nisso, fizemos uma lista com alguns dos barulhos de carros mais comuns, e apresentamos quais são os seus possíveis significados. Veja só: 

 

Problema nos amortecedores

Se o carro apresenta perda de estabilidade e trepidações pode ser sinal de alguma falha nos amortecedores do veículos. O som que indica esse tipo de problema surge quando o veículo roda por estradas irregulares, ou seja, quando ele passa por algum buraco na estrada. 

Outro movimento que pode indicar problemas nos amortecedores é durante os movimentos mais bruscos no volante, para a esquerda e direita. 

O ruído que indica uma possível falha nos amortecedores normalmente é percebido em situações rotineiras de condução, mas com uma percepção sonora divergente da habitual.

Vazamento de água no reservatório

Se o veículo apresenta ruídos parecidos com um vazamento, pode ser um indicativo de defeito no reservatório de água. É muito importante ficar de olho nesse sinal, pois a falta de água no radiador pode gerar um superaquecimento do motor, causando danos permanentes ao equipamento. 

Por isso, fique atento aos barulhos do carro, e também ao termômetro no painel do veículo, que indica o nível de água presente no reservatório. 

Barulho vindo dos pneus do carro

Caso você esteja observando barulho no carro vindo dos pneus, pode ser sinal de dois tipos de problemas: desgastes dos compostos, ou algum tipo de defeito no rolamento das rodas. 

Os sons de ambas situações costumam ser bastante similares, e soam como um ronco, que vai aumentando o volume conforme o aceleramento do veículo e a distância percorrido. 

Desgaste dos pneus: Segunda a legislação do país, a altura mínima dos sulcos das rodas deve ser de 1,6 milímetro. Além disso, fique atento também aos sinais de desgaste irregularidades, que podem causar o aparecimento de bolhas e provocar o barulho no carro. 

Por isso, quando ouvir um barulho vindo das rodas, e não for identificado nenhum tipo de desgaste, muito provavelmente há algum defeito ou deslocamento de peças nesse sistema. 

Problema no rolamento das rodas: o rolamento são esferas de aço que ficam localizadas entre dois anéis de metais, e tem a função de facilitar o movimento de rotação dos pneus, reduzindo o atrito e dando estabilidade na condução. 

Portanto, se os pneus não estiverem desgastados, é muito provável que o ruído esteja sendo causado por problemas no rolamento das rodas. 

Além disso, se você perceber barulho no carro vindo dos pneus, não se esqueça de verificar a presença de algum objeto nos sulcos do pneu. É muito comum que pequenos objetos fiquem retidos nas cavidades do pneu e ressonarem com um barulho divergente do habitual.

Veja neste texto quando trocar o pneu do carro

Ruídos no ar-condicionado

Se o ar-condicionado do carro apresenta um ruído constante quando está em uso, não necessariamente é sinal de que há algum defeito com o sistema. 

O mais comum que o algum objeto ( folhas, papel de bala etc.) tenha sido sugado pelo ventilador do sistema. Neste caso, basta realizar uma limpeza do componente para solucionar.

Caso o motorista persista em utilizar o ar-condicionado com defeito, é muito provável que cause danos permanentes no sistema, o que no futuro pode representar um custo muito maior para ser solucionado. 

Necessidade da troca das pastilhas

Geralmente são componentes que apresentam um alto desgaste, por isso é preciso ficar atento. De acordo com o Centro de Experimentação e Segurança Viária do Brasil (Cesvi-Brasil), a espessura das pastilhas não podem ser inferiores a 2mm. A partir desta marca a eficiência da frenagem já fica comprometida. 

Geralmente pouco antes das pastilhas chegam a esse limite, com cerca de 5mm, o veículo passa a emitir um barulho quando o freio é pressionado. Ou seja, é sinal de que não há mais material nas peças e as partes metálicas estão encostando, o que pode causar perda de eficiência do sistema.

Posts relacionados

Fiat Toro: consumo de combustível das atuais versões

18 de setembro de 2020
No texto a seguir vamos abordar um veículo em especial, o Fiat Toro e seu consumo de combustível. Você vai...
Leia mais

Potência de carro: o que levar em consideração na hora da compra?

14 de setembro de 2020
O que deve ser levado em consideração quanto à potência de carro na hora da compra? No blog você vai...
Leia mais

Injeção eletrônica: entenda o que é e como funciona esse sistema

04 de setembro de 2020
Listamos as principais informações sobre a injeção eletrônica que todo motorista precisa saber. Veja no texto...
Leia mais
Ver todos os posts